Porque Eu Sempre Priorizo o Meu Marido (acima dos filhos)

Olá pessoal,

O texto original é da Amber Doty, traduzido por mim (Rodrigo Mulkey). Postado originalmente AQUI. Achei bem interessante porque é exatamente a visão que eu e Vanessa temos para o nosso relacionamento e já conversamos algumas vezes sobre isso. Resolvi traduzir e compartilhar aqui com vocês:

Menos de um mês depois que o meu marido e eu nos casamos – mesmo antes de mandar os agradecimentos pelos presentes de casamento recebidos – eu me vi segurando um teste de gravidez positivo.

Com apenas 8 meses e meio de casamento, enquanto ainda estávamos nos acostumando com os papéis de marido e mulher, de repente nos tornamos mãe e pai. Eu não digo que a vinda do nosso filho foi mal planejada – nós estavámos ansiosos para começar a nossa família – mas posso dizer que se tornar esposa e mãe no mesmo ano não é para os fracos.

O primeiro do ano de vida do nosso filho foi o mais difícil do nosso casamento até então e também foi o ano em que aprendi uma lição muito importante: o meu marido vem sempre antes dos nossos filhos.

Não me entenda errado. Eu amo os meus filhos e faria tudo por eles. Mas amo o meu marido ainda mais.

Quando compartilho isso com as amigas da minha mãe, sempre dou de frente com indignação e choque. Afinal, isso vai de encontro a regra dourada da maternidade, aquela que diz que ser um bom pai significa sacrificar tudo pela felicidade e bem estar dos nossos filhos.

Colocar de lado as nossas próprias necessidades em favor da deles é praticamente um requisito, mas me desculpe, eu não concordo.

Mas, para alguns, o conceito de que as crianças devem ficar em segundo lugar não parece ser tão ridículo. Em uma pesquisa conduzida por YourTango, metade dos especialistas entrevistados acreditam que as esposas devem priorizar o marido acima dos filhos. Como você pode imaginar, os comentários não foram muito entusiásticos.

E eu entendo. Não há duvidas que o elo entre uma mãe e o seu filho não podem ser quebrados. Mas eu vejo que investir no meu relacionamento com o meu marido tem benefícios para a minha família como um todo. Priorizar as necessidades do meu marido diminuem as chances de divórcio. Também aumenta a possibilidade de nossos filhos permanecerem em um lar com os dois pais.

Eu firmemente acredito que modelar uma relação saudável para os nossos filhos define a maneira como eles vão formar os seus próprios laços quando estiverem mais velhos. Na minha opinião, eu e o meu marido somos o primeiro exemplo de como fazer parte de um casamento feliz é. Os nossos filhos aprendem como eles devem tratar os seus futuros companheiros (e o que devem esperar em retorno) nos observando.

Eu penso que criar eles em um lar onde os seus pais se amam e valorizam um ao outro é fundamental para o desenvolvimento deles. Para mim, isso significa colocar o meu marido em primeiro lugar.

Com algumas raras exceções, você não irá ver os nossos filhos dormindo na nossa cama. Se pudermos bancar apenas uma viagem de férias, vamos a sós e não sentimos um pingo de culpa em pedir para ajuda para alguém da família para podermos sair pra namorar e falarmos sobre tudo menos sobre as crianças.

Em alguns anos, os nossos filhos vão sair de casa e quando isso acontecer, eu quero poder celebrar um trabalho bem feito com o meu amor ao invés de sentar em uma casa silenciosa com uma pessoa que se tornou um estranho após tantos anos se distanciando pouco a pouco.

RELATIONSHIP

Um beijo,

Melo e Mulkey ❤

11 SEGREDOS de Como fazer um Casamento DIY SEM MEDO

Esses dias uma leitora me procurou para pedir alguns conselhos em relação a insegurança que sentia em fazer um casamento DIY praticamente sozinha.

Nesse post aqui falei sobre a escolha de fazer o nosso casamento 100% DIY. Clicando aqui você pode conferir o teaser do nosso grande dia e ver alguns detalhes da decoração que nós fizemos. E nesse outro post aqui falei sobre a saga do meu vestido de noiva.

Então agora resolvi fazer um post e contar quais os segredos que me ajudaram a vencer o medo de que tudo desse errado.

Sem mais delongas, vamos ao que interessa. 😉

1. CONFIE EM DEUS. 

  • Claro que isso é muito óbvio. Mas essa é a chave do sucesso. Confiando em Deus, você vai dormir melhor, pensar melhor e respirar melhor. 😉

Duas Estúdio (com efeito)

2. Tenha VÁRIOS planos B’s

  • Pesquise muito e tenha várias opções de decoração. Por que Vanessa? Porque se você realmente vai fazer um casamento DIY, você sabe que podem acontecer imprevistos.
  • Tenha cartas na manga e a mente aberta em casos de imprevistos onde você precisará mudar rapidamente de estratégia.
  • Planeje tudo com a maior antecedência possível para minimizar os riscos.

plan b

3. Encontre uma pessoa próxima que seja o seu braço direito e que não canse de ouvir você falar SÓ de casamento. kkkkkk

  • Essa pessoa pode ser da família ou não. E as minhas escolhas perfeitas foram minha família e a esposa do meu pastor (Marcy).
  • Marcy entende de tudo sobre decoração. E como o nosso casamento aconteceu na nossa igreja, ela foi a pessoa ideal, porque ela sabia quais ideias que iam funcionar ou não. Ela conhecia muito bem o local e as medidas do ambiente.
  • Sente com essa pessoa e abra o jogo. Conte seus sonhos, como você pretende realizá-lo e quanto você pretende investir.

help (1)

4. Envolva as pessoas

  • Mostre suas idéias para pessoas de sua confiança e que você ache que vão ser sinceras com você. Claro que o casamento é para os noivos, mas é bom ter outras opiniões para talvez enxergar algo que antes não tenha percebido.
  • Se tiver algo na decoração que precise ser feito em grande quantidade (no nosso caso, foram dezenas de origamis), convoque a família e amigos para te ajudar. Você pode marcar um café da tarde para que essas pessoas te ajudem nas atividades repetitivas. Isso torna a atividade produtiva e descontraída e faz com que tenha um toque pessoal dos envolvidos no seu casamento.

17315388_xxl

5. Garimpe tudo o que conseguir

  • Papéis, vidro, caixas, potes, luzes, tecidos… Faça uma campanha entre seus amigos para eles te ajudarem com todos esses objetos. As redes sociais são ótimas aliadas. Dessa forma você terá um casamento com sua personalidade.

recycled-crafts-planters-backyard-ideas-15

6. Participe de grupos de noivas no Facebook

  • Sempre tem alguém postando o feedback do casamento e isso ajuda muito, pois elas contam tudo o que funcionou e o que não funcionou, foi ótimo pra mim.
  • Pegue referências com as noivas sobre locais, contratos e fornecedores.

timthumb

7. Seja paciente com tudo:

  • Conhecidos querendo dar pitacos. Mantenha a calma, ouça e depois reflita. Pode ser que a idéia seja boa afinal de contas.
  • Sempre vai ter alguém se convidando, causando aquela saia justa. Não ceda a pressão e apenas convide quem é relevante.
  • Gastos inesperados. Talvez apareçam custos que não estavam no seu orçamento. Dance conforme a música e se reorganize.
  • Pessoas dando “pouca bola” para os seus sentimentos. Além de você, ninguém vai entender o drama, a ansiedade, o medo, a insegurança que uma noiva sente. Então, Releve.

bridezilla-495x450

8. Seja CRIATIVA

  • Não sou NADA criativa, mas as MILHARES de pesquisas que fiz me deram um toque de criatividade. E assim fui aprendendo muitas coisas e colocando em prática no nosso casamento.
  • Pegue idéias e adapte a sua realidade. Por exemplo: se você não tem como investir naquele “mar” de flores que geralmente vemos em casamentos, faça flores de papel ou até mesmo de origamis. Além de ser mais barato, você não vai precisar se preocupar se elas vão estar vivas até a hora da cerimônia.

diy-wedding-decor-flowers-windsor-ballroom-1024x683

9. TRABALHE

  • É uma dica óbvia, é. Mas ainda participo do grupo de noivas e muitas delas querem fazer uma casamento DIY, sem ter muito trabalho. ISSO É IMPOSSÍVEL.
  • O planejamento, os preparativos e a decoração vão te custar muito mais coisas do que você possa imaginar. Por exemplo: tempo, sono, vida social, foco, determinação, entre outros. Então fique preparada para o que está por vir.
  • Na semana que antecedeu o casamento, trabalhamos, trabalhamos tanto que eu tive que remarcar a manicure 3 vezes e ainda assim não consegui parar a decoração para ir fazer a unha. Resultado: casamos no sábado e na sexta antes do evento, cheguei em casa às 22h e fui fazer a unha.

help

10. Não se desespere

  • FAÇA O SEU MELHOR… E dessa forma você não terá o que temer. Dias antes do nosso casamento aconteceram coisas que eu nunca imaginaria que pudessem acontecer. Mas o SEGREDO é manter o foco no seu casamento e não nas pessoas ao redor.
  • Siga em frente e não gaste suas energias no problema. E se o problema for com os preparativos, use o PLANO B que eu te falei no segundo tópico desse post.

img_20150708_214515

11. Coloque o seu joelho (e do noivo) no chão e vá orar 

  • Se apegue mais a Deus. Assim você terá sucesso em TUDO que estiver fazendo ou planejando. As dificuldades só acontecem para nos unirmos mais a Ele. Sem Ele não conseguimos realizar NADA, quem dirá um casamento.

Duas Estúdio (ora com efeito)

Se você percebeu, a primeira e a última dica são sobre descansar em Deus. Então, você pode fazer todas as outras dicas funcionarem, mas se não tiver Deus no caminho vai ser muito mais difícil e pesado do que você imagina.

P.s. 1: Se você chegou até aqui. Parabéns. kkkkkkkk ❤ ❤ ❤

P.s. 2: No próximo post sobre casamento DIY, vou detalhar cada item do nosso casamento, com fotos e links de onde você pode encontrá-los. Esse post foi SÓ explicando como enfrentar os preparativos de um casamento DIY.

Espero ter ajudado. Me conta nos comentários.

Um beijo,

por Vanessa Melo

A Saga do Meu Vestido de Noiva – Em Busca do Vestido Perfeito

Algumas pessoas tem me perguntado bastante sobre meu vestido de noiva, então resolvi fazer esse post contando cada detalhe.

Eu sempre assistia na Discovery Home & Health o programa Say Yes to the Dress (O Vestido Ideal no Brasil), e todos aqueles vestidos glamurosos da loja Kleinfeld Bridal sempre me encheram os olhos de alegria.

Até aí tudo bem, sonhar é de graça…

Selecionei alguns vestidos que tem na Kleinfeld Bridal para você se encantar assim como eu me encantei também:

Quando decidimos nos casar eu já tinha certeza de como eu queria meu vestido (estilo princesa), mas eu também tinha certeza de que não encontraria o vestido do jeito que eu queria e no preço que eu podia pagar.

E assim comecei minha busca, meio frustrada mas com esperança de arrumar um novo amor entre todos aqueles vestidos de noiva.

221113-princesa-disney-07-1

Fui em poucas lojas, mas provei muitos vestidos e de vários estilos e até gostei de alguns mas não me apaixonei por nenhum. E os preços dos aluguéis eram quase o preço para comprar.

Então, em uma quarta feira de cinzas (vale ressaltar). Estávamos sem fazer nada (eu e minha mãe) e decidimos sair para procurar O MEU VESTIDO de noiva. Daí dentre todas as lojas fechadas por causa do final do feriado, achamos uma aberta. A Tulle.

Chegando na Tulle Recife, levei vários exemplos de como eu queria meu vestido de noiva. Daí elas me trouxeram alguns e NENHUM dos vestidos era parecido ao vestido que eu desejava.

1

Fonte: google

Do nada a estilista Ana Peri (que também é estilista do La Sposa) lembra de um vestido (que ela estava confeccionando para por na vitrine) que era parecido com os exemplos que mostrei assim que cheguei. Não me empolguei nadinha, até porque os que ela tinha me trazido eram bem distante do que eu queria.

Quando uma das atendentes chegou com o vestido (foi festa no céu 🎉🎉🎉), era a coisa mais linda do mundo. E exatamente como eu queria. Ou melhor, a saia era exatamente como eu queria e a parte de cima como íamos fazer??????

Depois que definimos o valor, COMPREI O MEU VESTIDO YEAH!!! E juntas fizemos o vestido dos meus sonhos. Falei pra ela tudo que eu queria no meu vestido além da saia que já existia. Mas até ele ficar perfeito (como eu queria) foi muita agonia, muito chororô, muita ansiedade, muito tudo.

2

Fonte: google

Mas 1 mês antes do nosso casamento, ele ficou do meu jeitinho. Como eu tinha sonhado. E 15 dias antes do GRANDE DIA, eu levei meu baby pra casa. E ele é meu, todo meu, só meu kkkkkk.

Fiquei muito orgulhosa, porque EU que desenhei meu vestido, EU que planejei e ele ficou como eu queria. Isso é maravilhoso. Não tem como expressar esse sentimento em palavras, infelizmente.

Agora fique com as fotos do meu vestido 😍😍😍

E AGORA JÁ FINALIZADO NO GRANDE DIA

E se você ainda tiver um pouco mais de curiosidade em saber como esse lindo vestido (modéstia parte) ficou na vida real CLIQUE AQUI, QUE NESSE POST TEM VÍDEO DO NOSSO CASAMENTO.

Me digam o que acharam…

Um beijo,

por Vanessa Melo

Nosso Casamento DIY – Teaser

Quem nos acompanha aqui no blog e na vida rsrsrs, sabe que tínhamos um relacionamento a distância. E para comemorar nosso primeiro mês juntinhos depois de manter um relacionamento a distância por quase 2 anos, estamos compartilhando o maravilhoso teaser do nosso casamento produzido pela equipe amada Digital HD video. É bem rapidinho mas dá para ter a noção da magia e do amor que estava pairando sobre nós, nossos familiares e amigos naquele dia.

Estamos passando uma temporada aqui no México e tem sido maravilhoso viver o que tanto queríamos, o nosso casamento criado por Deus. Tem sido incrível do amanhecer ao anoitecer, claro que aqui e ali acontece um “arranca rabo” (se você for nordestina(o) sabe que estou falando de desentendimentos rsrsrsrs) o que é muito normal, não case achando que vocês nunca vão se desentender e que aquele casal amigo que só posta foto legais também não tem discussões. É normal e também crescemos com essa condição.

E se você for ter um casamento DIY, melhor ainda. Tem muita coisa (na verdade 95% das coisas do nosso casamento foi DIY) para se inspirar no nosso casamento. 😀 😀 😀

Espero que você se inspire com esse teaser e que seu casamento seja maravilhoso e abençoado por Deus.

Quem não estiver conseguindo assistir… Tenta esse link aqui https://vimeo.com/115514709 O YouTube bloqueou em alguns países por causa da música que o nosso editor colocou. 😦 😦

E se você assim como nós passou ou passa por esse tipo de relacionamento a distância, nos conte a sua experiência o que você faz para dar certo ou que aconteceu que não deu certo. No entanto se você estiver passando por essa condição nesse momento, acredite no seu sentimento, acredite que tudo vai dar certo no final. Pode demorar meses ou anos, mas um dia vocês vão conseguir viver essa instituição divina que é o casamento.

Um beijo,

por Vanessa Melo.

 

Namoro, noivado e casamento à distância.

Olá pessoal,

Antes de tudo quero deixar bem claro que o que eu escrevi aqui, é a minha experiência com o Rodrigo. Até porque cada relacionamento é único, por mais que as pessoas digam que todo homem é igual e toda mulher é idêntica, não é bem assim.

Então, vamos lá…

Estamos nesse passinho (à distância) há exatamente 1 ano e 3 meses 😮 😮 😮 😮 . Começamos a namorar em 2013 passamos 7 meses namorando presencialmente e ele precisou morar em outro país, e hoje estamos casados há 3 meses e 10 dias. Aconteceu muito rápido, decidimos que ia ser melhor para toda nação, e ele foi. rsrsrsrsrs

-E aí, Vanessa, Qual a receita pra fazer dar certo? Amor. (1 coríntios 13)

-Sim, Vanessa, mas eu não tenho certeza que o que eu sinto é aquele tal de amor verdadeiro, o Ágape.

-As situações vão lhe dizer/provar isso. E se você já tem certeza, melhor ainda. Cai de cabeça, rsrsrsrs.

Desde do primeiro dia separados (pela distância) compartilhamos tudo por mensagens e fazemos isso até hoje, foi o jeito que encontramos para ficar perto e poder compartilhar qualquer coisa (sem exceção). Dessa forma nós criamos um laço muito forte e uma sincronicidade sem igual. Passamos por maus bocados, mais passamos por isso juntos, é imprescindível. Já éramos amigos e agora muito mais. Claro que sentimos muito a falta do contato físico, mas eu costumo dizer: “Não podemos ficar alimentando coisas ruins, então bola pra frente”. Tivemos dias fracos muito fracos, mas eles passam e isso é o que vale. E nós fomos vivendo cada dia a sua luta e mirando o que vinha de melhor pela frente, O NOSSO CASAMENTO. Então focamos nisso e seguimos firmes, fortes e felizes.

10918989_812967572111897_4024065081054205245_n

Relacionamento nenhum é fácil, seja ele à distância ou morando porta com porta. Sempre conversamos sobre TUDO, inclusive as inseguranças, medos, desespero, falta de fé e etc… Gente, sentir tudo isso (de ruim) é normal (nenhum ser humano é 100% forte, seguro blá blá blá, NINGUÉM) e no nosso caso mais normal ainda, pois não temos data marcada para a distância acabar e agora que estamos casados todos esses sentimentos triplicaram (estamos no processo do visto k-1 #k1visa #fiancevisa #k1 #90dayfiance) e nós conversamos sobre isso também, pois quando se conversa o outro passa a saber o que está acontecendo, o que está te deixando maluca e te ajuda a ficar forte, a ver o lado positivo da situação, sabe aquela coisa que quando um está fraco o outro está forte, pronto isso acontece e nos ajudamos nisso também.

É IMPORTANTE CONVERSAR SOBRE TUDO, SEJA SINCERO COM SEU PARCEIRO (a).

Eu sempre trabalhei muito (e ele também) e o ano de 2014 muito mais, a nossa comunicação era diária, mas as vezes eu viajava para lugares no interior no Estado onde dificultava a nossa comunicação por falta de rede, esse tipo de coisa… Sabe o que eu fazia? Pedia pra usar o telefone da recepção do Hotel, daí eu dava o número a Rodrigo e ele ligava, falávamos por alguns minutos e aquilo já nos bastava, sempre gostamos de ouvir a voz do outro 1 vez por dia. Os dias de compras sempre compartilhamos e escolhemos juntos, nem tudo vai, mas a maioria das coisas. Nas datas comemorativas ligávamos no facetime e ficávamos juntos. Ah, outra coisa também… Sempre mandamos fotos de tudo, isso nos ajuda a compartilhar o momento que estamos (enquanto escrevia isso, ele me mandou uma foto da reunião que ele está rsrsrsrsrs) E fomos criando o nosso ritual durante todo esse tempo, deu certo e está dando certo.

Pra terminar quero dizer: NÃO SEJA EGOÍSTA e NÃO acabe um relacionamento sem antes tentar (não peça para a pessoa escolher, tente unir, os dois vão crescer juntos). E se você estiver em um relacionamento a distância, ajuste-o a maneira que faz vocês felizes, aprendam juntos. Ninguém nos disse o que fazer, a gente foi lá e tentou do nosso jeito, com os nossos ajustes. Não quero desmerecer as pessoas que ensinam como ter um relacionamento à distância, mas você precisa entender que cada situação tem a sua particularidade. Nunca tinha lido sobre isso antes de escrever esse post, mas hoje tive vontade de escrever sobre esse assunto e fui pesquisar o que as pessoas falam por aí. E tirei uma conclusão das pesquisas, eles dão fórmulas de como fazer funcionar, achei isso tão mecânico. Enfim, acredito que a vontade de ser feliz com a pessoa que você escolheu, faz com que vocês descubram como suportar/sobreviver a distância naturalmente.

Espero que tenham gostado de lê um pouco mais sobre nós e nossa vida à distância.

Não é impossível e nem é um bicho de 7 cabeças.

É um relacionamento como outro qualquer, só que as pessoas não se encontram nos fins de semana, nem vão a festas juntos e entre outros rsrsrsrsrs… Mas ponha na cabeça que o melhor está por vir e está próximo. Aproveita pra conhecer a pessoa, pra conhecer as histórias do passado dessa pessoa e pra ser feliz pelo facetime.

11391514_860685564006764_7007010504715466865_n

Um beijo,

Melo.