Como escolher o melhor AirBnb em 7 simples passos

Em todas as nossas viagens temos escolhidos o AirBnb para nos hospedar e nesse post resolvemos te dar uma “mãozinha” para saber como escolher o lugar ideal para ter uma estadia boa e tranquila durante suas aventuras mundo a fora.

YhIXS2y

Para quem ainda não conhece esse sistema de hospedagem se trata de pessoas que alugam seus próprios apartamentos/casas/quartos, por um período de tempo escolhido pelo hóspede, já conhecemos até hosts que saem do seu conforto para dormir na casa de amigos enquanto aluga esse imóvel para outras pessoas.

É uma forma de renda extra para o proprietário, mas também já conhecemos pessoas que são proprietárias de alguns imóveis e colocam para alugar no AirBnb, porque é uma renda extra fácil e rotativa, sempre tem pessoas querendo alugar. Sem falar que é muito mais barato que ficar em hotel e você tem o conforto de como se estivesse na sua casa, é maravilhoso.

55f08d2f-2a50-45ed-9b25-5242ac1f2090

Já nos hospedamos em 4 lugares diferentes de AirBnb (inclusive nesse momento estamos hospedados em um apartamento pelo AirBnb também rsrsrsrs) e foi a melhor coisa que fizemos, desse jeito conseguimos conhecer muito melhor o lugar, economizar e viver como os conterrâneos.

 

PARA ESCOLHER O MELHOR AIRBNB, VOCÊ PRECISA DESSES 7 SIMPLES PASSOS:

 

1. Selecionar por superhosts e ótimos reviews

  • Parece óbvio e é óbvio, mas isso faz com que você tem uma maior tranquilidade em lidar com uma pessoa que você não conhece e nunca viu. Você escolher um host elogiado por todos você corre menos riscos de se decepcionar ou ter qualquer tipo de estresse, até porque você não vai ter um gerente para reclamar e pedir pra mudar de acomodação.

Screenshot 2016-01-15 14.12.40

 

2. Planejar o tempo da viagem com a maior antecedência possível

  • Assim você conseguirá preço melhores (os valores não são fixos, pode variar um pouco de uma semana pra outra) e mais acomodações disponíveis.
  • Com o tempo definido você saberá na descrição do imóvel se seu host dá algum desconto, pois alguns host dão desconto quando você fica hospedado por 1 semana/mês. Vale a pena ficar ligado nisso.

shutterstock_honeymoon-planning

 

3. Olhar no mapa se o imóvel escolhido fica próximo a estações de ônibus e metrô

  • Localização É TUDO. Se você está escolhendo se hospedar no AirBnb indica que você quer economizar com estadia, não é mesmo???? Então, com certeza você não vai estar planejando alugar um carro ou só usar táxi, vai precisar ter transporte público por perto, sem contar que ficar bem localizado vai te ajudar com todas as suas bagagens (de um lado pra outro e tal)

Captura de Tela 2016-01-15 às 14.41.48

4. Escolher o imóvel pela localidade e não pela qualidade

  • Claro que o imóvel tem que ser confortável, mas quando você está indo visitar um local pela primeira vez, é indicado que você fique numa região mais central possível, para que assim você possa explorar a cidade a pé também e não só pela janela do transporte público. 🙂 🙂 🙂
  • Com boa localidade você vai ficar próximo de supermercados, shoppings, atrações turísticas, bares e restaurantes, parques e vai descobrir a cidade na sua rotina diária.

Captura de Tela 2016-01-15 às 14.53.14

5. Ficar atento a política de cancelamento

  • Quando alugamos um imóvel em Paris não prestamos tanta atenção nisso, e uma semana antes da nossa viagem aconteceu o atentado terrorista (13/11/2015) e precisamos fazer o cancelamento, o host não quis nos devolver 100% do valor cobrado no aluguel por ter uma política de cancelamento bem restrita, mas nesse caso do atentado terrorista entramos em contato com o AirBnb e nos devolveram 100% mesmo o host tendo uma política super rigorosa.
  • Dê preferência para políticas de cancelamento flexíveis ou moderadas

Airbnb-Políticas

 

6. Escolha um local com fotos boas

  • Fotos boas e bem iluminadas mostram um pouco de como será o seu host (além de te dar uma idéia boa do apartamento). Se ele for profissional, ele vai procurar ter fotos boas e atuais do seu imóvel e mostrar todos os cômodos, incluindo quarto e banheiro. Evite surpresas com imóveis com poucas fotos e/ou escuras.

airbnb-a8707ed9_original

 

7. Fique de olho no preço final

  • O valor que aparece no mapa é apenas um referencial para comparação. O preço final inclui taxas de limpeza e a comissão do Airbnb, que variam de acordo com a propriedade. E sem contar que o host pode selecionar descontos que variam com o tempo de estadia. As vezes lugares que tem o mesmo valor diário vão ficar com um valor final bem diferente por conta de todas essas variáveis.

Screenshot 2016-01-15 14.13.08

8. Escolha um lugar seguro #PASSO_BÔNUS

  • Daí você me pergunta, como vou saber se o lugar é seguro se nunca estive lá? Realmente é difícil de imaginar. Mas se você ainda não escolheu o imóvel que vai alugar, ainda tem tempo… Então acalma esse coração e guarda essa dica.
    • Pesquise TUDO com bastante calma
    • Procure no google pelos bairros mais seguros daquela cidade
    • Coloque sua pesquise em línguas diferentes da sua (por exemplo inglês, espanhol, francês, italiano entre outros), em algum lugar do mundo alguém vai ter relatado sobre a segurança da cidade desejada.
    • LEIA OS REVIEWS DO IMÓVEL COM ATENÇÃO, como eu disse acima “Sempre tem alguém que relata sobre a segurança do local”.

Agora faça suas malas e BOA VIAGEM. 🙂 😀

airbnb-business-travel

Então é isso, se você assim como nós gosta de privacidade e conforto, opte pelo AirBnb. Você irá se sentir em casa em qualquer parte do mundo.

E se você já utiliza desse serviço, nos conte sua experiência, vai ser muito legal dividir com você.

Um beijo,

Melo.

Museu Nacional de Antropologia

Se você quer visitar uma cidade para conhecer a história através dos museus e centro histórico, esse lugar é o México. Eles souberam guardar e preservar muito bem a história deles, tem muitos objetos dos povos antigos e o que eles não tem eles recriaram para que além da teoria pudéssemos ver e usar a imaginação. É muito legal. E o Museu Nacional de Antropologia sem dúvida é o lugar para você ficar a par da história como um todo.

O museu fica bem próximo do bosque de chapultepec, mas você precisa de mais de um dia (com calma) para andar por todo o prédio e não deixar faltar nada. O ingresso para entrar no museu até o dia que nós fomos (01/01/2016), era de graça, mas agora custa $MN65 por pessoa, mas aos domingos é livre, como em outros museus também.

Lá você encontrará a história da culturas indígenas do México, dos povos antes dos índios (Maias, Toltecas, Astecas, Olmecas e Oaxaca), da cidade de Teotihuacan, culturas do Norte, Ocidente e Costa do Golfo, povoamento da América entre outros. A maioria das peças são originais (as que não são, estão identificadas) o que torna o passeio muito mais legal e fantasioso. É incrível.

Nossa estada por lá foi encantadora, ficamos muito animados e empolgados com tudo que aprendemos e vimos. Vale muito a pena tirar um dia e meio ou 2 dias para visitá-lo.

FullSizeRender (1) IMG_1268 IMG_1269 IMG_1272 IMG_1274 IMG_1275 IMG_1293 IMG_6282 IMG_6354 IMG_6373 IMG_6388 IMG_6392 IMG_6395 IMG_6419 IMG_6425 IMG_6431

Qualquer dúvida deixe nos comentários que iremos ter o maior prazer em responder.

Um beijo,

Melo.