Snapchat, o novo Daily Vlog?

Oi pessoal,

hoje o assunto é sobre uma das redes sociais que mais gosto… Aquela que tem o fantasminha mais simpático desse mundo, o nep nep (vulgo snapchat rsrsrsrs).

uma plataforma interativa muito legal (na minha opinião), que você “participa” quase instantaneamente dos momentos de pessoas que estão longe ou pessoas que lhe inspiram pessoalmente, e simplesmente tudo some depois de 24h (o que é maravilhoso, mas se quiser guardar esses momentos, temos outras plataformas disponíveis rsrsrsrs).

o problema é que as pessoas estão perdendo a noção do limite de segundos que grava por dia, tem criatura que simplesmente senta no sofá, com aquele pijamão, com aquela “alegria” de vida e ficam falando por horas e horas, e postando no nep nep. Jesus, haja paciência.

Falam tanto, que o pobre do nep nep “tá” virando um Daily Vlog terapeuta.

Enfim, querem fazer snap? Façam. Só não tratem ele como um Daily Vlog divã, escolham momentos pra compartilhar. E CLARO, NOS SIGAM TAMBÉM.

image

 

Um beijo,

Melo.

 

 

Filmes: Gone Girl e Before I Go to Sleep

Olá pessoal,

Esse post será sobre os filmes de suspense que assisti recentemente e gostei (gente, assisto MUITOS filmes. Só vou indicar os que realmente gostei). Gone Girl (Garota Exemplar) e Before I Go to Sleep (Antes de Dormir) estão no mesmo gênero mais são conteúdos diferentes. Como já deu pra perceber, gosto muito de saúde, especificamente psicologia. Talvez me alongue muito nesse post porque são assuntos que mexem bastante comigo e também por ser histórias diferentes. Mas tentarei manter o suspense 😛 😛 😛

Gone Girl nos traz uma mulher rica, boazinha, que sempre foi a “Garota Exemplar”, aquela que todos queriam que fosse. Durante a trama (de quase 3h, não é pra assustar, mas o filme é tão rico que não dá pra cansar, a não ser que você faça como eu e vá assistir esse filme numa segunda às 22h rsrsrsrsrs) percebemos como a criação dos nossos pais influencia em nossas vidas. O casal vive um teatro de aparências, vivem na mesma casa mas nenhum dos dois conhece a vida do outro. Daí o filme começa a mostrar pra quê veio. E se você não leu o livro assim como eu, vai adorar ficar nesse clima de suspense querendo entrar no filme e matar o personagem “safado” (é assim que me sinto 🙂 🙂 🙂 ). Mas esse filme guarda cartas na manga, você passa a sentir dó da pessoa que você queria matar inicialmente, e mostra quem realmente não vale nada (só de lembrar, já fico com raiva :-/ :-/ ).

Agora falando de Before I Go to Sleep temos uma mulher com perdas de memórias e que dia após dia luta para saber quem é ela, quantos anos ela tem, como quem é casada, o que gosta de fazer e em quem pode confiar (como faz pra conter a vontade de entrar no filme e falar tudo que ela precisa saber 🙂 🙂 🙂 ). Ela não consegue lembrar absolutamente nada que aconteceu nos últimos 20 anos vividos e seu marido tem a tarefa de lembra-lá todo santo dia da sua vida e quem ele é. Com a ajuda de um mural de fotos antigas ela se convence todos os dia que aquela é sua vida. Além de tudo isso, ela passa por uma terapia sigilosa que nem mesmo o marido dela sabe, e com a ajuda desse médico ela descobre coisas que mostram a ela que nem tudo que lhe parece realmente é. E o desespero da pessoa aqui, começa.

Só digo uma coisa, ASSISTAM. 😀 😀 😀