MSQRD – O App que Vai Fazer Você Dar Boas Risadas

MSQRD, desenvolvido pela Masquerade, é hoje o app #1 na AppStore em vários países. Você já conhece o aplicativo?

O app, em tempo real, através de reconhecimento facial, te transforma em diversos personagens renderizados em 3D. Faça selfies e grave pequenos vídeos. É diversão garantida.

IMG_7099

O aplicativo possui um ótimo desempenho. Testei em um iPhone 6 com o iOS 9.2 e a performance é muito boa. Praticamente não há lags (não apresenta travamentos). A interface é bem simples e intuitiva e as animações são de muito boa qualidade. A gravação de vídeo em tempo real também é bem suave.

Não é o primeiro app do gênero, mas com certeza é o que faz isso da melhor maneira até agora.

IMG_7116

Pra não dizer que tudo são flores, as imagens (750 x 750) e vídeos gerados são de baixa qualidade. Não espere nada em HD, mas a qualidade é suficiente para utilizar as imagens em redes sociais. Ah, e o app coloca uma pequena marca d’água no canto da imagem. Mas está ótimo para ser gratuito.

E ele não tem as chatas propagandas que muitos apps gratuitos colocam. Também não tem conteúdo pago.

Por enquanto só está disponível para iOS. Baixe aqui e divirta-se.

 

por Rodrigo Mulkey

Um Grande Erro da Apple (sugestão de melhoria no futuro)

Você já perdeu ou teve o seu telefone roubado?

Já sou desenvolvedor de aplicativos fanboy da Apple iOS há mais de 5 anos e por motivos profissionais, sempre tive que ter um iPhone para testar os meus apps. E só quem já teve um iPhone roubado sabe do transtorno (e do prejuízo) que é.

O primeiro passo é acessar o iCloud e em seguida, o aplicativo Find My Phone, que vai te dar a geolocalização do seu dispositivo. De vez em quando utilizo ele até para achar o meu telefone dentro de casa, pois há a opção de emitir um som. =P

Captura de Tela 2016-01-30 às 12.48.35.png

E a primeira coisa que você nota é que o celular foi desligado pelo “novo dono”.

E o Find My Phone perde a sua utilidade, pois não dá mais para rastrear. E hoje qualquer pessoa pode desligar um dispositivo iOS, pois atualmente o aparelho não pede senha para ser encerrado.

Porém li no 9TO5Mac uma sugestão de funcionalidade interessante: forçar o usuário a desligar o seu telefone usando o Touch ID ou o Passcode (senha numérica de 4 dígitos). Dessa forma, o celular não poderia ser desligado assim que é encontrado e ficaria atualizando a localização do aparelho até a bateria acabar (não é muito tempo no caso dos iPhones, mas já ajuda :P).

IMG_1640.jpg

Deixando bem claro que essa não é uma solução perfeita, pois o ladrão poderia imediatamente remover o cartão SIM (sim, tudo bem, as vezes não tem um clipe de papel por perto pra ele entortar e enfiar no buraco para remover o cartão).

Ao remover o SIM, o aparelho pára de enviar updates de localização pro iCloud. Mas essa medida aumenta um pouco a dificuldade. E quem sabe se com o lançamento do e-SIM (leia mais aqui) o problema poderia ser resolvido.

E sem contar que ele também poderia desligar via hardware, o que exigiria que ele tivesse um kit de ferramentas. É mais fácil ele estourar o celular no chão. =P

É claro que as vezes isso poderia te desacelerar em casos que você precisa desligar o telefone rápido. Por exemplo: ao derrubar o telefone na água. Mas como os iPhones 6/6S se saem muito bem em testes debaixo d’água, isso não deve ser um problema pra maioria.

E aí, o que você achou da sugestão? Confesso que já tive essa idéia antes (Vanessa é prova) e foi interessante ver a mesma idéia em um dos maiores blogs de usuários da Apple. Acho que iria dificultar a vida dos meliantes (e talvez colocar alguns atrás das grades). =]

fonte: http://9to5mac.com/

por Rodrigo Mulkey

Robot Tattoo Machine

Desde o seu lançamento em 2014, essa máquina tem sido bastante discutida nas comunidades de tatuagem.

540963907

Criada por 3 alunos franceses, essa máquina, feita de uma impressora 3D, é capaz de tatuar imagens geradas no computador. O vídeo de sua primeira performance pública dividiu as opiniões na comunidade: os que ficaram curiosos em como essa nova tecnologia poderia adicionar a arte de tattoo e aqueles que rejeitaram a ideia de algo não-humano fazendo uma tatuagem.

Enquanto isso, a máquina vai abrindo espaço na indústria de tatuagem. Ela já foi batizada de Tatoué, ou seja, tatuada em francês. E agora ela está tatuando pessoas e procurando parcerias nos campos de design e tecnologia.

big_1446798669_image

Essa máquina também dividiu bastante as opiniões aqui em casa. Melo comentou que em casos de muita dor (como a região da costela), você perde o toque pessoal do artista, que vai dosar a intensidade de acordo com cada caso.

Por outro lado, achamos que pode-se aumentar a precisão de linhas e fazer tatuagens com mais exatidão e fidelidade ao desenho original.

Tattoo_01

E você, o que acha dessa nova tecnologia? Você se submeteria a uma máquina para fazer a sua próxima tattoo?  Eu ainda não tenho tatuagens, mas particularmente, preferiria fazer com um artista experiente. 

Confira alguns vídeos do protótipo em ação:

 

fonte: Blog Tattoodo

por Rodrigo Mulkey

Review do Apple Watch

Aqui é o Rodrigo mais uma vez. Em abril fizemos um post sobre o Apple Watch algumas semanas antes do seu lançamento. Até então não sabíamos muito sobre ele. Utilizei um por uma semana no trabalho (estou desenvolvendo uma aplicação no relógio para a cadeia de supermercados orgânicos Whole Foods nos Estados Unidos) e quis trazer aqui algumas impressões sobre o mesmo.

Estou utilizando o modelo Sport de 42mm, que custa $ 399.00. A pulseira é bem confortável. A sincronização com o iPhone é bem simples e rápida. Foi só tirar uma foto da tela do relógio, adicionar uma senha (passcode) e em segundos o relógio já estava pronto para usar.

FullSizeRender

A interface é bem simples e gostei muito do ForceTouch, que detecta a intensidade do toque na tela.  O que deixou bastante a desejar são os aplicativos. Baixei alguns dos mais populares e não vi nada de novo ou diferente do que os aplicativos do iPhone fazem. O app de fitness é uma das exceções e tem algumas funções bem legais, como a contagem de passos e distância percorridos. O relógio sabe quando você está sentado ou em pé e eventualmente te manda avisos de que você está sentado a muito tempo. Uma das coisas que mais gostei foram as notificações. O relógio vibra bem leve e você não precisa tirar o celular do bolso apenas para ver que tipo de notificação você recebeu. Bom pra quem por exemplo está em uma reunião e rapidamente pode filtrar a importância do conteúdo que recebeu. Legal? Sim. Util? Um pouco. Justifica o investimento? Não…

moto360

Moto 360

O design também deixa um pouco a desejar. É muito quadrado. Gosto de relógio com cara de relógio. Explico. Gosto muito do design do Moto 360, que a princípio parece um relógio comum. Porém o Moto 360 perde no quesito funcionalidades. E aí, você compraria um smartwatch? Eu ainda não estou totalmente convencido. Talvez mais um tempinho utilizando ele aqui no trabalho me convençam.

Mulkey

iOS 8.3 – Siri em português + novos emojis

Olá pessoal,

Aqui é o Rodrigo invadindo esse espaço para falar um pouco de tecnologia. Pra quem não me conhece, sou apaixonado smartphones e trabalho como desenvolvedor de aplicativos mobile.

Ontem a Apple disponibilizou mais uma atualização do seu sistema operacional, o iOS 8.3. A nova versão traz muitas novidades e o consertos de alguns bugs.

Siri, o assistente de voz ganhou 7 novas línguas, inclusive o Português. O Safari mobile agora tem abas.

Uma das mudanças mais aguardadas foi o novo teclado Emoji, com diversos novos emoticons, incluindo várias novas bandeiras e emoticons de diferentes raças. Confiram aí algumas das novas imagens:

emoji

Para quem quiser ler sobre todas as novidades, clique aqui

Mulkey