The Hunting Ground: Relatos de Abusos Sexuais em Campus Universitários

O documentário lançado em 2015 fala sobre os abusos sexuais contra as mulheres, que com frequência acontece nos campos universitários americanos, concorreu no Sindicato dos Produtores como Melhor Documentário.

The Hunting Ground mostra que aquele lugar que vai ser sua casa por vários anos, onde você imagina que  vai ser feliz, onde fará amigos para o resto da vida, participará das melhores festas, ficará bêbado ate cair, terá os melhores professores, a melhor experiência de sua vida, pode em apenas alguns minutos se tornar a pior experiência da sua vida.

Uma em cada 5 universitárias ja foram abusadas. 88% das mulheres violentadas não dão queixa e as instituições de ensino não estão  preocupadas com o que aconteceu com você e sim o que aconteceria com eles se essa Historia fosse a público, fazendo com que as estudantes se sintam culpadas por isso ter acontecido.

maxresdefault.jpg

O que você estava vestindo? Ele deve ter entendido a mensagem errado, porque você não tentou se livrar dele? Você tem certeza que isso aconteceu?

 Em 2012 45% das universidades americanas não reportaram assédios sexuais, tudo para manter as aparências de universidades perfeitas.

“A primeira e uma das mais importantes e difíceis barreiras é a do silêncio.”

Harvard : 2009-2013, 135 denúncias e 10 suspensões relatadas     

Berkeley : 2008-2013, 78 denúncias e 3 expulsões 

Dartmouth: 2002-2013, 155 denúncias 3 expulsões

Stanford: 1996-2013, 259 denúncias e 1 expulsão

maxresdefault (1).jpg

Til it Happens To You é uma composição de Diane Warren em parceria com Lady Gaga gravada para o documentário. O clipe para alguns pode ser muito forte, mas para mim é perfeito, mostra com clareza (até onde uma pessoa que não passou por isso pode entender) o que acontece com quem sofre dessa violência. 

                 ( Os conteúdos gráficos a seguir podem ser emocionalmente perturbadores, mas refletem a realidade do que acontece diariamente nos campos universitários ) 

LadyGagaVEVO 

watch

(Eu sou inútil)

watch (1)

(As vezes eu me odeio)

watch (2)

(Acredite em mim)

watch (3)

(Escute, você vai me odiar)

watch (4)

(Eu sou digna)

watch (5)

 (Eu me amo)

watch (6)

 (Essa poderia ser você) 

Você não pode deixar de ver o documentário e apoiar a causa. 

Por Vinícius Melo

Filme: World War Z (Guerra Mundial Z)

Estava louca pra assistir esse filme, porque filme com Brad Pitt só pode ser bom, não é mesmo? Nunca assisti um filme com ele ou com a Angelina para ser ruim, então fomos assisti e nem li nada sobre o filme. Mas não imaginava que o filme fosse sobre Zumbi 😦 😦 , ok, talvez eu seja a única pessoa no planeta que não gosta de nada sobre zumbi, ma tudo bem continuamos assistindo, e por fim o filme é muito legal.

Existe um “vírus” contaminando o mundo muito rápido, logo Brad Pitt que é um ex-investigador da ONU é recrutado para desvendar esse mistério “De onde veio esse vírus?” “Quem foi a primeira pessoa infectada?”… E cada vez mais a população humana diminui o que dificulta o trabalho dele, e na corrida contra o tempo ele vai atrás de desvendar o mistério da doença. E tentar salvar a humanidade. O filme é muito instigante, prende nossa atenção e acelera nosso coração (levei vários sustos, fora que estávamos assistindo esse filme a noite rsrsrsrsrsrs)

11173003_ori

 

Um beijo,

Melo.

 

Filmes: As Above, So Below e The Pyramid

Olá pessoal,

Hoje vim dar uma dica sobre filmes que assisti recentemente (Tô atrasada!!!) e adorei. Vou separar por categoria, então fiquem de olho no próximos posts.

As Above, So Below (Assim na terra como no inferno) e The Pyramid (A pirâmide) são classificados como filme de terror, mas a melhor parte é que tem conteúdos históricos. E isso me chama bastante atenção antes de assistir qualquer filme, gosto de aprender alguma coisa nos longas que assisto, nem que seja lição de vida (rsrsrs). Claro que incrementam a história pra ficar mais emocionante (E essa é a hora dos sustos e gritos 🙂 🙂 🙂 ), mas não fogem totalmente do que aprendemos com nossos professores de história.

Os dois filmes tem como protagonista duas jovens arqueólogas (Que são bastante curiosas por sinal, e ainda levam um bando de gente junto com elas… Convincentes!). Trazem sensação de realismo com suas câmeras de mão e primeira pessoa, como REC. Levam seus namorados (além das outras pessoas) para essa expedição incrível, sem eles saberem que pode não voltar vivos (Mulher consegue tudo gente rsrsrsrs). E durante todo o filme vamos conhecendo toda a história e seus respectivos lugares, acho isso o máximo, conhecer vários lugares históricos sem nem precisar sair de casa. E se um dia eu for nesses lugares vou lembrar das histórias (E dos filmes), quem sabe dou uma de arqueóloga e levo Rodrigo para fazer alguma exploração (rsrsrsrs).

Então é isso gente, assistam. Tenho certeza que vão gostar, aprender e se assustar assim como eu (Mas sou dura na queda, e vou continuar assistindo, adoro) ❤ ❤ ❤ ❤ ❤

Um beijo,

Melo