Como Superar a Altitude e Fazer um Delicioso Brigadeiro de Panela, no México ou em Qualquer Lugar do Mundo

No nosso Natal aqui no México resolvi fazer brigadeiro. Mas me veio a pergunta: “Como fazer brigadeiro no México?”

E como não sabia por quais ingredientes procurar na prateleira do supermercado, fiz uma pesquisa no Google antes de sair às compras. Me deparei com vários relatos dizendo que não funcionava fazer brigadeiro no México, por causa da elevada altitude. Nesse post falamos mais sobre altitude na Cidade do México.

Mas não me dei por satisfeita e continuei a pesquisar… Até que encontrei a Casa do Brasil en México no Facebook e eles foram super dispostos a ajudar, me dando todas as dicas e ressaltando a questão da altitude.

Mesmo correndo o risco do meu brigadeiro de panela ser um fiasco e ficar muito duro, duro como um caramelo, impossível de comer. Continuei com o plano…

Comprei duas latas de leite condensado (La Lechera), um Nesquik sabor chocolate e um creme de leite (para deixar o brigadeiro cremoso).

Já fizemos duas vezes: a primeira ficou super, hiper, mega doce (a casa do Brasil en México tinha alertado sobre isso). A segunda ficou perfeito, coloquei uma pitadinha de sal e TCHARAMMMM.

Comemos um maravilhoso brigadeiro de panela, assistindo nosso seriado do momento (Sense 8)

P.s: o sal da foto é pra não ficar muito doce, a ponto de ficar enjooso 

IMG_1466

O processo é bem rápido: coloque os leites condensados e o chocolate em pó, misturem, misturem e misturem até ferver. Quando estiver alcançado a fervura, continue mexendo por uns 3 minutos. Tire do fogão coloque a metade da caixinha de creme de leite dentro do seu brigadeiro e misture até não ver mais o creme de leite.

Espere esfriar e coma. Mas se não tiver com muita paciência pra esperar esfriar, coma quente mesmo.

IMG_1467

P.s: Relevem as fotos e pensem no maravilhoso brigadeiro de panela que vocês podem fazer 😍

Um beijo,

Captura de Tela 2016-01-19 às 15.51.22

 

por Vanessa Melo.

Yeahhh M&M em Todo Canto: Canal no youtube

Wow criamos um canal Melo e Mulkey no youtube, e as gravações já estão a todo vapor.

E para começarmos o canal, gravei um vídeo Sobre nós… Ops, EU rsrs (só quem assistir vai entender).

Nesse canal queremos compartilhar nossas viagens, nossas opiniões sobre relacionamento, desafios (sim, adoramos competir rsrsrs), reviews de livros e maquiagem, e tudo mais que “der na telha” pra gravar.

Com esse canal ficaremos mais pertinho dos nossos familiares que estão no Brasil e de vocês que nos acompanham só através de textos aqui no blog.

Nosso canal: https://www.youtube.com/channel/UCqWni5k3MU1URYqDsUvNbUA

 

Um beijo,
Captura de Tela 2016-01-19 às 15.51.22por Vanessa Melo.

Museu de Arte Moderna na Cidade do México

Em um belo domingo a tarde fizemos nossa visita ao Museu de Arte Moderna… {Um pausa: não somos ratos de museus, mas como estamos passando só uma temporada na Cidade do México, queremos visitar todos os lugares que pudermos e o quanto conseguirmos até o final da nossa estadia por aqui.} Não somos amantes de artes e nem tampouco entendemos de arte moderna se não tiver a explicação ao lado da obra rsrsrsrs… Mas somos admiradores e foi isso que nos levou a esse museu que fica dentro do Bosque de Chapultepec (sim, isso mesmo, esse bosque é “grande pra chuchu”)

IMG_6555

MAM+baja17

Assim que você chega no pátio do museu já tem algumas obras expostas e ao redor também. Aos domingos o passe é livre ( 😉 isso é maravilhoso, não é mesmo?!), o prédio tem 2 andares e quatro enormes salas e uma singela lojinha no meio do prédio, embaixo das escadas. Tem um lindo jardim em volta do prédio e um café super aconchegante, junto as plantas. É um ambiente muito lindo e tranquilo, vale muito a pena visitá-lo (mesmo sem entender muito das obras expostas rsrsrs).

Andando pelo jardim e passando pela biblioteca você chega no Castelo de Chapultepec, que vamos falar em uma outra oportunidade. Fica “ligadinho” aqui no blog ainda tem muita coisa legal para compartilhar sobre o México que estamos descobrindo nas nossas explorações singulares.

MAM+baja02 MAM+baja31 MAM+baja33

Visitamos exposições de alguns artistas modernos, dentre eles:

Lee Miller – Fotógrafa surrealista e uma das feministas mais importantes associada a fotografia surrealista do século xx. Trabalhou como modelo em New York, mas aos 27 se mudou para Paris e lá estabeleceu sua profissão de fotógrafa trabalhando para Vogue Paris. Nessa exposição você encontra muitos retratos da segunda guerra mundial, daí você se pergunta: “como ela conseguiu bater essa foto?” É um trabalho interessantíssimo.

2_Self+portrait,+New+York+Studio,+New+York,+USA,+1932 5_US+soldiers+examine+a+rail+truck+loaded+with+dead+prisoners,+Dachau,+Germany,+1945,+76-15

 

Francisco Toledo – Obras em cerâmicas expostas a altas temperaturas, que reúne qualidade de cor e textura. Através de suas obras ele expressa justiça, política, violência e consciência ecológica

IMG_1368 IMG_1370 IMG_1369 IMG_1366 IMG_1367

 

Espero que tenham gostado assim como nós, e se você já visitou também esse museu compartilha conosco sua experiência e qual as exposições que você teve oportunidade de conhecer.

 Captura de Tela 2016-01-19 às 15.51.22

por Vanessa Melo

Nosso Casamento DIY – Teaser

Quem nos acompanha aqui no blog e na vida rsrsrs, sabe que tínhamos um relacionamento a distância. E para comemorar nosso primeiro mês juntinhos depois de manter um relacionamento a distância por quase 2 anos, estamos compartilhando o maravilhoso teaser do nosso casamento produzido pela equipe amada Digital HD video. É bem rapidinho mas dá para ter a noção da magia e do amor que estava pairando sobre nós, nossos familiares e amigos naquele dia.

Estamos passando uma temporada aqui no México e tem sido maravilhoso viver o que tanto queríamos, o nosso casamento criado por Deus. Tem sido incrível do amanhecer ao anoitecer, claro que aqui e ali acontece um “arranca rabo” (se você for nordestina(o) sabe que estou falando de desentendimentos rsrsrsrs) o que é muito normal, não case achando que vocês nunca vão se desentender e que aquele casal amigo que só posta foto legais também não tem discussões. É normal e também crescemos com essa condição.

E se você for ter um casamento DIY, melhor ainda. Tem muita coisa (na verdade 95% das coisas do nosso casamento foi DIY) para se inspirar no nosso casamento. 😀 😀 😀

Espero que você se inspire com esse teaser e que seu casamento seja maravilhoso e abençoado por Deus.

Quem não estiver conseguindo assistir… Tenta esse link aqui https://vimeo.com/115514709 O YouTube bloqueou em alguns países por causa da música que o nosso editor colocou. 😦 😦

E se você assim como nós passou ou passa por esse tipo de relacionamento a distância, nos conte a sua experiência o que você faz para dar certo ou que aconteceu que não deu certo. No entanto se você estiver passando por essa condição nesse momento, acredite no seu sentimento, acredite que tudo vai dar certo no final. Pode demorar meses ou anos, mas um dia vocês vão conseguir viver essa instituição divina que é o casamento.

Um beijo,

por Vanessa Melo.

 

Museu Nacional de Antropologia

Se você quer visitar uma cidade para conhecer a história através dos museus e centro histórico, esse lugar é o México. Eles souberam guardar e preservar muito bem a história deles, tem muitos objetos dos povos antigos e o que eles não tem eles recriaram para que além da teoria pudéssemos ver e usar a imaginação. É muito legal. E o Museu Nacional de Antropologia sem dúvida é o lugar para você ficar a par da história como um todo.

O museu fica bem próximo do bosque de chapultepec, mas você precisa de mais de um dia (com calma) para andar por todo o prédio e não deixar faltar nada. O ingresso para entrar no museu até o dia que nós fomos (01/01/2016), era de graça, mas agora custa $MN65 por pessoa, mas aos domingos é livre, como em outros museus também.

Lá você encontrará a história da culturas indígenas do México, dos povos antes dos índios (Maias, Toltecas, Astecas, Olmecas e Oaxaca), da cidade de Teotihuacan, culturas do Norte, Ocidente e Costa do Golfo, povoamento da América entre outros. A maioria das peças são originais (as que não são, estão identificadas) o que torna o passeio muito mais legal e fantasioso. É incrível.

Nossa estada por lá foi encantadora, ficamos muito animados e empolgados com tudo que aprendemos e vimos. Vale muito a pena tirar um dia e meio ou 2 dias para visitá-lo.

FullSizeRender (1) IMG_1268 IMG_1269 IMG_1272 IMG_1274 IMG_1275 IMG_1293 IMG_6282 IMG_6354 IMG_6373 IMG_6388 IMG_6392 IMG_6395 IMG_6419 IMG_6425 IMG_6431

Qualquer dúvida deixe nos comentários que iremos ter o maior prazer em responder.

Um beijo,

Melo.