Pedalinho em Chapultepec

Nosso primeiro dia do ano de 2016 foi um passeio de pedalinho (ok, quase morri, mas que bom que estou aqui para escrever esse post rsrsrsrsrsrsrs). Fomos caminhando até o bosque de Chapultepec mais ou menos 45min de onde estávamos hospedados (porque estamos em outro apartamento enquanto escrevo esse post). Ao chegar no pedalinho, havia uma ENORME fila para comprar o ingresso, mas daí descobrimos que para 1 ou 2 pessoas a fila era outra, BEM MENOR. rsrsrsrs.

Enfim, compramos o ingresso… Mas o dilema maior foi entrar no pedalinho, MEDO. Ok, entramos e daí Rodrigo foi se endireitar no banco, e o pedalinho começou a balançar, íamos quase caindo (rsrsrs exagero), mas tudo ficou bem. Kkkk, fazer o que se tenho medo de transportes marítimos? Depois de todo esse perrengue conseguimos relaxar e curtir o passeio, que por sinal foi maravilhoso, uma experiência muito legal que estamos querendo repetir no próximo final de semana. 🙂 🙂 🙂

IMG_1236 IMG_1249

Para quem tiver afim de saber o passeio para 1 ou 2 pessoas custa $MN50 por 1 hora e se passar de 1h e você não tiver entregue o pedalinho tem umas multas que são a partir de $MN13,00, tem pedalinho para mais pessoas (tipo esses da foto) e tem barco também, dá pra levar todo mundo da família no mesmo passeio rsrsrsrs. Para comprar o ingresso você também precisa deixar um documento de identificação com foto (carteira de identidade ou motorista), daí comprado você recebe o recibo e os coletes salva vidas. Depois disso é só ir em direção ao número que ela lhe disser e curtir o passeio no seu pedalinho.

As últimas dicas são:

  • Não vá no dia que estiver muito quente, porque cansa demais, nesse dia que fomos estava muito, mas muito quente mesmo. Ficamos exaustos.
  • Vá sabendo que você tem que ter força nas pernas pra pedalar, porque o lago é bem grande para o tempo que eles determinam (que é de 1h, como falei acima)
  • Vá com muita paciência no bolso, porque a manivela da direção não é tão prática, então até você pegar o ritmo/manha da mesma você já vai ter perdido uns 15-20min da 1hora que  você pagou na entrada.
  • Tire muitas fotos, é um passeio muito legal pra fazer em família e para casal também. É romântico. É divertido.
  • E cuidado para o seu celular não cair na água 😛 😛

Então é isso, no final tudo dá certo e se você for nos conte sua experiência, vai ser legal compartilhar.

IMG_1251

Um beijo,

Melo.

Filmes: Gone Girl e Before I Go to Sleep

Olá pessoal,

Esse post será sobre os filmes de suspense que assisti recentemente e gostei (gente, assisto MUITOS filmes. Só vou indicar os que realmente gostei). Gone Girl (Garota Exemplar) e Before I Go to Sleep (Antes de Dormir) estão no mesmo gênero mais são conteúdos diferentes. Como já deu pra perceber, gosto muito de saúde, especificamente psicologia. Talvez me alongue muito nesse post porque são assuntos que mexem bastante comigo e também por ser histórias diferentes. Mas tentarei manter o suspense 😛 😛 😛

Gone Girl nos traz uma mulher rica, boazinha, que sempre foi a “Garota Exemplar”, aquela que todos queriam que fosse. Durante a trama (de quase 3h, não é pra assustar, mas o filme é tão rico que não dá pra cansar, a não ser que você faça como eu e vá assistir esse filme numa segunda às 22h rsrsrsrsrs) percebemos como a criação dos nossos pais influencia em nossas vidas. O casal vive um teatro de aparências, vivem na mesma casa mas nenhum dos dois conhece a vida do outro. Daí o filme começa a mostrar pra quê veio. E se você não leu o livro assim como eu, vai adorar ficar nesse clima de suspense querendo entrar no filme e matar o personagem “safado” (é assim que me sinto 🙂 🙂 🙂 ). Mas esse filme guarda cartas na manga, você passa a sentir dó da pessoa que você queria matar inicialmente, e mostra quem realmente não vale nada (só de lembrar, já fico com raiva :-/ :-/ ).

Agora falando de Before I Go to Sleep temos uma mulher com perdas de memórias e que dia após dia luta para saber quem é ela, quantos anos ela tem, como quem é casada, o que gosta de fazer e em quem pode confiar (como faz pra conter a vontade de entrar no filme e falar tudo que ela precisa saber 🙂 🙂 🙂 ). Ela não consegue lembrar absolutamente nada que aconteceu nos últimos 20 anos vividos e seu marido tem a tarefa de lembra-lá todo santo dia da sua vida e quem ele é. Com a ajuda de um mural de fotos antigas ela se convence todos os dia que aquela é sua vida. Além de tudo isso, ela passa por uma terapia sigilosa que nem mesmo o marido dela sabe, e com a ajuda desse médico ela descobre coisas que mostram a ela que nem tudo que lhe parece realmente é. E o desespero da pessoa aqui, começa.

Só digo uma coisa, ASSISTAM. 😀 😀 😀