Reign: A Nem Tão Real História da Rainha da Escócia

reign original

Reign, uma série classificada como ficção/drama histórico, trás para TV a história de como Mary (rainha da Escócia) chegou ao poder. Pra quem gosta de história é uma boa série, mas tenha em mente que é uma ficção que não conta todos os fatos e nem todos os fatos que conta são verdadeiros e também não vá achando que é igual a 300 ou Tróia, porque não é.

Enfim a história começa com Mary (Adelaide Kane) em seus plenos 15 anos viajando para França junto com as suas três acompanhantes/amigas/empregadas (porque rainha não tem tempo pra amigas) para ir ao encontro do seu noivo e amigo de infância: o príncipe Francis ( Toby Regbo ) e seu irmão bastardo Bash (Torrance Coombs),  que acabam rolando muitas tretas por causa disso; além de ter um casamento arranjado pra salvar o seu país em que você é rainha desde a infância (ela não teve muita escolha, tinha que cumprir o dever como RAINHA) ainda ganha de brinde uma sogra: Catherine de Medici (Megan Follows) que não quer que eles se casem a todo custo, o que faz com que ela seja a pior sogra do universo. Eu até hoje quero matar ela (mesmo ela já estando morta kkk) e um Rei que acha que tem o Rei na barriga 😄😄😄, perturbado e que acaba ficando louco e sendo retirado a força do trono. A série é repleta de intrigas, confusões, traições, mortes e muita, mais muita treta , tudo que se pode esperar de uma série que é baseada em fatos reais.

reign-season2a

Mary tem que lidar com os seus inimigos na França, na Escócia e mais a frente Elizabeth (rainha da Inglaterra), mas ela tem uma arma secreta que ninguém espera: os seus escravos, ou seus amores, em outras palavras, ela é mais cobiçada que qualquer pessoa que você ache bonita. Na série só tem duas opções: ou você ama ou odeia ela e ainda tem a sua mãe que e um “pé no saco”. Ela fica o tempo todo infernizando Mary pra ter um filho, e a coitada da Mary tem que atender as ordens da mãe e ela tenta (tenta tanto coitada) e com vários 😅😅😅.

A série ganhou no People’s Choice Awards como melhor novo drama de TV em 2014 e Adelaide foi indicada como atriz revelação no Teen Choice Award em 2014. Toby também teve uma indicação no Teen Choice Award como ator revelação da TV, mas nem um deles levou o prêmio pra casa.

É um seriado viciante porque sempre tem algo a ser resolvido. Não é como várias séries por aí que ficam um tempo só enrolando sem contar nada e você acaba desistindo e pra quem gosta de drama tem várias partes em que você fica com o coração na mão. Eu em particular fiquei um bom tempo com medo de assistir porque eu sabia o que iria acontecer mas não queria ver 🙈🙈🙈.

reign mary

 


ninho colaborador

por Vinícius Melo.

Museu Nacional de Antropologia

Se você quer visitar uma cidade para conhecer a história através dos museus e centro histórico, esse lugar é o México. Eles souberam guardar e preservar muito bem a história deles, tem muitos objetos dos povos antigos e o que eles não tem eles recriaram para que além da teoria pudéssemos ver e usar a imaginação. É muito legal. E o Museu Nacional de Antropologia sem dúvida é o lugar para você ficar a par da história como um todo.

O museu fica bem próximo do bosque de chapultepec, mas você precisa de mais de um dia (com calma) para andar por todo o prédio e não deixar faltar nada. O ingresso para entrar no museu até o dia que nós fomos (01/01/2016), era de graça, mas agora custa $MN65 por pessoa, mas aos domingos é livre, como em outros museus também.

Lá você encontrará a história da culturas indígenas do México, dos povos antes dos índios (Maias, Toltecas, Astecas, Olmecas e Oaxaca), da cidade de Teotihuacan, culturas do Norte, Ocidente e Costa do Golfo, povoamento da América entre outros. A maioria das peças são originais (as que não são, estão identificadas) o que torna o passeio muito mais legal e fantasioso. É incrível.

Nossa estada por lá foi encantadora, ficamos muito animados e empolgados com tudo que aprendemos e vimos. Vale muito a pena tirar um dia e meio ou 2 dias para visitá-lo.

FullSizeRender (1) IMG_1268 IMG_1269 IMG_1272 IMG_1274 IMG_1275 IMG_1293 IMG_6282 IMG_6354 IMG_6373 IMG_6388 IMG_6392 IMG_6395 IMG_6419 IMG_6425 IMG_6431

Qualquer dúvida deixe nos comentários que iremos ter o maior prazer em responder.

Um beijo,

Melo.

Filmes: As Above, So Below e The Pyramid

Olá pessoal,

Hoje vim dar uma dica sobre filmes que assisti recentemente (Tô atrasada!!!) e adorei. Vou separar por categoria, então fiquem de olho no próximos posts.

As Above, So Below (Assim na terra como no inferno) e The Pyramid (A pirâmide) são classificados como filme de terror, mas a melhor parte é que tem conteúdos históricos. E isso me chama bastante atenção antes de assistir qualquer filme, gosto de aprender alguma coisa nos longas que assisto, nem que seja lição de vida (rsrsrs). Claro que incrementam a história pra ficar mais emocionante (E essa é a hora dos sustos e gritos 🙂 🙂 🙂 ), mas não fogem totalmente do que aprendemos com nossos professores de história.

Os dois filmes tem como protagonista duas jovens arqueólogas (Que são bastante curiosas por sinal, e ainda levam um bando de gente junto com elas… Convincentes!). Trazem sensação de realismo com suas câmeras de mão e primeira pessoa, como REC. Levam seus namorados (além das outras pessoas) para essa expedição incrível, sem eles saberem que pode não voltar vivos (Mulher consegue tudo gente rsrsrsrs). E durante todo o filme vamos conhecendo toda a história e seus respectivos lugares, acho isso o máximo, conhecer vários lugares históricos sem nem precisar sair de casa. E se um dia eu for nesses lugares vou lembrar das histórias (E dos filmes), quem sabe dou uma de arqueóloga e levo Rodrigo para fazer alguma exploração (rsrsrsrs).

Então é isso gente, assistam. Tenho certeza que vão gostar, aprender e se assustar assim como eu (Mas sou dura na queda, e vou continuar assistindo, adoro) ❤ ❤ ❤ ❤ ❤

Um beijo,

Melo