GET A JOB – Jovens encaram duro mercado de trabalho após faculdade

O filme acompanha Will (Miles Teller de Divergente), sua namorada Jilian (Anna Kendrick de A escolha perfeita 1e2), seus amigos e seu pai Roger(Bryan Cranston de Breaking Bad). Que eventualmente perdem seus empregos e ficam em busca de um trabalho.

É muito divertido e mostra bem como é o pensamento de um concluinte, pensa que vai sair da faculdade e já vai estar empregado no ramo que sempre quis; mas a vida não é bem assim, e o filme mostra bem isso.

O legal do filme é que ele mostra que, aquele ideal de trabalho nem sempre é o que você consegue, e também mostra que trabalhar apenas por dinheiro não é a saída.

11

Will mora com seus amigos, que só fazem jogar e se drogar, achando que ainda estão na faculdade, mas alguém tem que pagar as contas da casa, e eles vão procurar trabalho onde conseguir, e quando consegue, gasta o dinheiro com coisas fúteis; sua namorada também perde o emprego e vai morar com ele e seus amigos, e logo depois o seu pai é demitido do emprego que estava desde a faculdade, tendo que aprender como fazer entrevista e entender que talvez ele não consiga um emprego como o que ele tinha.

No fim Jilian fala:

“Tenho 22 anos e não faço ideia do que farei com o resto da minha vida, e estou bem com isso”

“Tenho muito a oferecer ao mundo e isso é apenas o começo”

“Talvez não sejamos gênios, não somos a geração mais brilhante, e dai?”

“São nossas vidas, e vamos aproveitar o melhor delas!”

Não trabalhe apenas para ter dinheiro, trabalhe para mudar algo.

Talvez você não mude o mundo mas pode mudar uma vida.

ASSISTA AO TRAILER:

*AINDA NÃO TEM PREVISÃO PARA CHEGAR AO BRASIL

Por Vinícius Melo

Um Senhor Estagiário

Você só precisa de um motivo para ver esse filme, é um filme com Anne Hathaway, pronto já pode ir assistir.

Para aqueles que não tem esse amor por ela e por suas atuações:

É um filme que acompanha Ben um senhor de idade, viúvo, interpretado por Robert de Niro, que está cansado de viver sua aposentadoria, quando ele acha um anúncio no jornal de uma empresa que vende roupas pela internet, à procura de um senhor estagiário.

No seu primeiro dia de trabalho ele é designado a ser o estagiário pessoal da chefe da empresa, Jules (Anne Hathaway), mas ela é o tipo de jovem muito agitada, que não suporta a idéia de ter que ficar perto de pessoas mais velhas, por serem muito lentas.

intern 1

Jules é mãe de uma menina e por ter crescido muito no seu trabalho, seu marido teve que abandonar o emprego para ter que cuidar da filha; com o tempo Jules e Ben acabam se tornando muitos amigos e passam por situações muito pessoais, onde Ben um cavalheiro nato, tenta ajudar.

Ben passa por situações muito divertidas na empresa e fora dela, parece que ele veio de outro mundo, com se ele fosse uma espécie nova que ninguém sabe lidar, mas com o tempo ele faz com que todos amem ele, e ele acaba se dando muito melhor do imaginavam.

Intern5

Por Vinícius Melo

Orgulho e Preconceito e Zumbis

É um filme baseado no livro (Pride and Prejudice and Zombies, de 2009) que é uma adaptação de outro livro (Pride and Prejudice de 1813, que teve um filme adaptado em 2005, com o mesmo título ); Nunca li “Pride and Prejudice “, não sei o quanto o filme tem de parecido, mas quem leu talvez pode achar uma heresia ter zumbis na história, mas isso não significa que é ruim, é apenas diferente.
É uma ótima história pra mostrar que mulher não casa pra ficar atrás de um fogão ou apenas pra ter filhos, com exceção das que pensam assim. Esse é um dos poucos filmes que tem uma mulher forte como protagonista, Elizabeth Bennet é mestre em artes marciais, e como ela mesma fala: “não trocarei minha espada por um anel”.

Pride and Prejudice and Zombies2

Elizabeth é uma das 5 filhas do Mr. Bennet que sabiamente as mandou a China, para que se tornassem guerreiras e conseguissem se proteger de zumbis, sem ter que esperar por um homem. Mas como o filme é de época tem todo o preconceito de mulheres guerreiras, com a ideia de que a mulher tem que casar e ficar dependente do marido.
E como o pai está velho, elas tem que arranjar um marido, já que quando seu pai morrer a casa irá passar para o seu primo, pois uma mulher não pode ter posse da casa. E elas seriam expulsas e ficariam sem ter onde morar.

PPZ-Poster-27x39-copy3


Os ataques zumbis começam a acontecer com mais frequência, e mesmo Londres sendo protegida por uma muralha, ela não irá conter os zumbis por muito tempo, e também percebem que esses ataques estão sendo coordenados. E em busca de seu amor e proteção para a sua família, Elizabeth luta na linha de frente contra os zumbis.
Para quem está familiarizado com a ideologia dos zumbis, assista sem se preocupar com o que eles deveriam fazer ou deixar de fazer, e para quem não curte, é uma história de amor que supera o Orgulho e Preconceito com zumbis, só pra ficar legal ( o que não fica legal com zumbi?).

Pride and Prejudice and Zombies


Já assistiu? Ficou afim de assisti? Me contem nos comentários.
Por Vinícius Melo.

Spotlight: Segredos Revelados

Filme lançado em novembro de 2015 dirigido por Thomas McCarthy – ganhou Oscar 2016 como melhor filme. Aborda um tema que ao meu ver – muito delicado e essencial – não deve ser esquecido. Até porque essa é uma prática que não é nova e por muito tempo não vai ser antiga.

O Filme conta uma história real que aconteceu em Boston no ano de 2002. Um grupo de jornalistas investigativos que são intitulados Spotlight, com a mudança de seu superior eles são conduzidos a investigar denúncias de 13 padres acusados de molestar crianças – durante a investigação eles acabam descobrindo muito mais que 13. Eles chegaram a 87 padres que passaram por Boston, mas sempre com a igreja protegendo, mandando para outros lugares, sempre com uma desculpa.

spotlight-movie-2015-reviews

O pior para mim é que não foi qualquer pessoa, não foi o vizinho, parente, amigo, conhecido, foi a pessoa que você deveria confiar, Onde você vai procurar resposta/ajuda, quem você pode contar tudo sem ter medo. Afinal ele deveria ser o representante de Deus na terra, mas em vez disso existem vários deles que usam de seu posto para cometer seu crimes, e esperam ser acobertados pela igreja (e foram).

Esse tipo de coisa acontece em todo o mundo, o final do filme mostra uma lista enorme de lugares que também foram constatados esse tipo de prática absurda. =/

lista1 lista2 lista3 lista4

O que você achou do filme e o tema abordado?

Por Vinícius Melo

Ser ou Não Ser Vegetariana

Hoje o assunto é um TANTO quanto polêmico. Mas me arrisquei a ser o mais neutra possível. No vídeo de hoje – QUE NÃO É DE DESAFIO –  conto como tomei a decisão para ser vegetariana e aqui vou deixar os links para melhor conhecimento de todos.

1 – Cowspiracy, está em primeiro porque pra mim ele é o melhor vídeo para quem não é adepto ao estilo de vida vegetariana/vegana e que não quer ver animais sofrendo. Ele está no NETFLIX com 5 estrelinhas muito bem preenchidas. Mostra a realidade do planeta, do mar, da terra e do ar. Explica com estatísticas e entrevistas com as maiores empresas do mundo que defendem os animais como o GREENPEACE e com as empresas que não defendem tanto assim.

Trailer oficial:

 

2 – Terráqueos, se você já assistiu COWSPIRACY e não aderiu ainda a esse estilo de vida, com esse filme você vai cair na real da realidade do ser humano. É um filme-documentário sobre a absoluta dependência da humanidade em relação aos animais (para estimação, alimentação, vestuário, diversão e desenvolvimento científico), mas também ilustra nosso completo desrespeito para com os assim chamados “provedores não-humanos”.

Filme completo abaixo:

 

3 – A carne é fraca, o nome já diz tudo. E com esse filme você passa a perceber o quanto andamos errados. É impactante, mas é a realidade. Vale muito a pena assistir.

 

4 – Uma verdade mais que inconveniente, Para comprovar os dados mostrados no filme, Marianne citou o estudo da FAO — Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação — que mostravam a pecuária como maior vilã do clima global. Muitos assuntos interessantes são abordados com competência, tais como:

“Como é esse impacto tão grande da pecuária sobre o clima? Tornar-se vegetariano/a, ou deixar de comer carne um ou mais dias por semana, faz alguma diferença? Por que Al Gore convenientemente omitiu a pecuária na sua “verdade inconveniente”? Por que os governos são coniventes com o impacto ambiental dessa atividade?”

 

5 – Uma Vida Interligada (Título original: A Life Connected), um documentário muito bonito e amplo, explica bem a frase pró-veganismo/vegetarianismo: “Pelas pessoas. Por você. Pelo meio ambiente. Pelos animais”. Não contém imagens chocantes.

Um pequeno e excelente documentário educativo que apresenta importantes informações sobre questões éticas, ambientais e sociais dentro da temática do vegetarianismo e veganismo. Representa um assunto urgente e de vital importância para a sobrevivência de todo o planeta e da espécie humana, no presente e no futuro.”

Um documentário muito bonito e amplo, explica bem a frase pró-veganismo/vegetarianismo: “Pelas pessoas. Por você. Pelo meio ambiente. Pelos animais”. Não contém imagens chocantes.

uma vida

 

6 – Paredes de Vidro (Título original: Glass Walls) Documentário curta-metragem produzido pela PETA e apresentado por Sir Paul McCartney. Sua célebre frase sintetiza o conteúdo abordado: “Se matadouros tivessem paredes de vidro, todos seriam vegetarianos.”

 

7 – Troque a Faca pelo Garfo (Título original: Forks Over Knives). Documentário que fez o cantor Ozzy tornar-se vegano. Forks Over Knives é muito interessante porque mostra que a dieta sem carne (bem como alimentos de origem animal) não só é totalmente saudável, como também evita uma infinidades de doenças. Mesmo que você não seja sensível ao sofrimento dos animais ou ao impacto dessa indústria no meio ambiente, abolir a carne do seu prato é uma questão de saúde. Você estaria fazendo isso pelo seu próprio bem.

Documentário que aborda um dos grandes problemas da sociedade moderna: os graves problemas de saúde que afetam parte significativa da população causados por um cardápio de alimentos de origem animal. […]

garfo