Ser ou Não Ser Vegetariana

Hoje o assunto é um TANTO quanto polêmico. Mas me arrisquei a ser o mais neutra possível. No vídeo de hoje – QUE NÃO É DE DESAFIO –  conto como tomei a decisão para ser vegetariana e aqui vou deixar os links para melhor conhecimento de todos.

1 – Cowspiracy, está em primeiro porque pra mim ele é o melhor vídeo para quem não é adepto ao estilo de vida vegetariana/vegana e que não quer ver animais sofrendo. Ele está no NETFLIX com 5 estrelinhas muito bem preenchidas. Mostra a realidade do planeta, do mar, da terra e do ar. Explica com estatísticas e entrevistas com as maiores empresas do mundo que defendem os animais como o GREENPEACE e com as empresas que não defendem tanto assim.

Trailer oficial:

 

2 – Terráqueos, se você já assistiu COWSPIRACY e não aderiu ainda a esse estilo de vida, com esse filme você vai cair na real da realidade do ser humano. É um filme-documentário sobre a absoluta dependência da humanidade em relação aos animais (para estimação, alimentação, vestuário, diversão e desenvolvimento científico), mas também ilustra nosso completo desrespeito para com os assim chamados “provedores não-humanos”.

Filme completo abaixo:

 

3 – A carne é fraca, o nome já diz tudo. E com esse filme você passa a perceber o quanto andamos errados. É impactante, mas é a realidade. Vale muito a pena assistir.

 

4 – Uma verdade mais que inconveniente, Para comprovar os dados mostrados no filme, Marianne citou o estudo da FAO — Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação — que mostravam a pecuária como maior vilã do clima global. Muitos assuntos interessantes são abordados com competência, tais como:

“Como é esse impacto tão grande da pecuária sobre o clima? Tornar-se vegetariano/a, ou deixar de comer carne um ou mais dias por semana, faz alguma diferença? Por que Al Gore convenientemente omitiu a pecuária na sua “verdade inconveniente”? Por que os governos são coniventes com o impacto ambiental dessa atividade?”

 

5 – Uma Vida Interligada (Título original: A Life Connected), um documentário muito bonito e amplo, explica bem a frase pró-veganismo/vegetarianismo: “Pelas pessoas. Por você. Pelo meio ambiente. Pelos animais”. Não contém imagens chocantes.

Um pequeno e excelente documentário educativo que apresenta importantes informações sobre questões éticas, ambientais e sociais dentro da temática do vegetarianismo e veganismo. Representa um assunto urgente e de vital importância para a sobrevivência de todo o planeta e da espécie humana, no presente e no futuro.”

Um documentário muito bonito e amplo, explica bem a frase pró-veganismo/vegetarianismo: “Pelas pessoas. Por você. Pelo meio ambiente. Pelos animais”. Não contém imagens chocantes.

uma vida

 

6 – Paredes de Vidro (Título original: Glass Walls) Documentário curta-metragem produzido pela PETA e apresentado por Sir Paul McCartney. Sua célebre frase sintetiza o conteúdo abordado: “Se matadouros tivessem paredes de vidro, todos seriam vegetarianos.”

 

7 – Troque a Faca pelo Garfo (Título original: Forks Over Knives). Documentário que fez o cantor Ozzy tornar-se vegano. Forks Over Knives é muito interessante porque mostra que a dieta sem carne (bem como alimentos de origem animal) não só é totalmente saudável, como também evita uma infinidades de doenças. Mesmo que você não seja sensível ao sofrimento dos animais ou ao impacto dessa indústria no meio ambiente, abolir a carne do seu prato é uma questão de saúde. Você estaria fazendo isso pelo seu próprio bem.

Documentário que aborda um dos grandes problemas da sociedade moderna: os graves problemas de saúde que afetam parte significativa da população causados por um cardápio de alimentos de origem animal. […]

garfo

 

21 comentários sobre “Ser ou Não Ser Vegetariana

  1. Vanessa, muito legal seu post, como já te falei em outro comentário estou totalmente nessa vibe saudável. Ainda não parei de comer carne totalmente, Há algum tempo parei com a carne vermelha, mas ainda como carne branca de 3 a 4 vezes por semana. Estou querendo ser vegetariana mas ainda estou estudando e fazendo testes. Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Já assistia maioria desses documentários e são incríveis, mas confesso que chorei com alguns, Terráqueos foi o primeiro que assisti então foi o que me ajudou a tomar a decisão de me tornar vegetariana, aqui em casa todos somos e foi a melhor decisão que tomei.. Viva e deixe viver, sempre..Beijos e parabéns pelo post.

    Curtido por 1 pessoa

    • Yeahhhh que lindo. Parabéns pela sua decisão e da sua família. Vocês já assistiram COWSPIRACY (o primeiro link desse pot). É maravilhoso, mostra estatísticas, entrevistas com grandes e empresas e a realidade que hoje vivemos em relação ao planeta. NÃO MOSTRA OS ASSASSINATOS, como em terráqueos por exemplo.
      Bejão flor.
      Vanessa Melo ❤

      Curtido por 1 pessoa

      • Oi linda assisti sim e gostei muito também, mas mesmo sendo chocante foi bom que eu tivesse visto o outro primeiro para me dar a real noção do que acontece com os animais…:(
        Beijos flor e obrigado..♥

        Curtir

  3. Um post bem interessante, parabéns! Não sei, mas acho que poucas pessoas fariam um post como esse. Gostei bastante do seu post, eu tenho uma prima vegetariana. Ultimamente fico meio não sei bem com explicar, mas acho que me sentido mal por comer carne vermelha quanto branca. Penso no sofrimento dos animais, também no ambiente… Mas ainda não parei de consumir carne. Estou pensando em dar uma estudada no assunto e ser uma vegetariana. Ótima ideia de fazer um post assim!! Obrigada e beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    • Ca e Mel, obrigada pelo lindo comentário.
      E sim, em um blog tão diverso como o nosso foi uma decisão e tanto fazer um post como esse. Mas não me arrependo, pois usamos o blog para compartilhar coisas sobre nós, sobre o que pensamos, sobre nossas experiência entre outros. A decisão de ser vegetariana/vegana, é tomada aos poucos. Claro que existem pessoas que simplesmente decidem virar vegetariana e pronto, mas essas pessoas nem sempre conseguem ter êxito e terminam desistindo depois de alguns anos, e voltam a comer animais. Por isso que no meu vídeo não tento convencer ninguém a nada, o único conselho que eu dou é ESTUDAR. E você está certa em querer estudar, leia sobre o sofrimento dos animais, sofrimento do planeta e principalmente o quanto que comer carne faz mal a você mesma. O primeiro documentário que indiquei nesse post, o COWSPIRACY, é ideal para quem está buscando conhecimento, informações sobre as indústrias de carne e estáticas (ele não mostra o sofrimento dos animais nos matadouros). Então, se você quer começar a saber mais sobre o assunto, assista a esse documentário (só tem no NETFLIX).
      Um enorme beijo meninas
      Vanessa Melo ❤

      Curtido por 1 pessoa

  4. Esse post ficou excelente crianças. Vanessa parabéns, tanto pelo posto quanto por tocar num assunto que gera tanto conflito. Sou agrônoma e tive aulas de produção animal, sei como se deve abater, mas não é sempre assim. Aprendemos as boas práticas, mas mesmo assim é difícil ver. Uma opção são os animais de sitios, pequenas propriedades de pessoas que conheça, caso volte a ter vontade. Esses locais se tem como saber a forma de abate e como são criados. O problema é a produção e a forma como são criados, mas vou te dizer que nem todos são assim. O problema é saber quais são. Em geral, realmente precisamos reduzir a quantidade de gado no mundo, isso temos.
    Como já disse antes, vou diminuir e quem sa?be, um dia eu paro? Meu problema é que cozinho muuuito mal, o que dá gosto na comida é a carne. rsrs Comida vegetariana e natural, exige saber muito mais do que eu sei na cozinha.
    Beijoooo e parabéns pela decisão. ❤ Um dia eu chego lá.

    Curtido por 1 pessoa

Compartilhe nos contando sua opinião/experiência sobre esse assunto... :-) :-*

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s