França Começa a Banir Modelos “Excessivamente Magras”

Contrariando a muitos executivos e profissionais de moda, o parlamento francês passou a banir modelos consideradas excessivamente magras.

Para desempenharem a sua profissão, as modelos francesas necessitam de um atestado médico para assegurar que a sua saúde é compatível com a sua prática profissional.

Empregadores que quebrarem a lei podem ter que encarar até 6 meses de prisão e multas de $82,000 euros (equivalente a um pouco mais de 400 mil reais).

gisele-bundchen-and-tom-brady-personal-chef

A versão anterior da lei era baseada em um valor mínimo de IMC (índice de massa corpórea), o que causou protestos de agências na França. Mas a versão final, aprovada no dia 17 de Dezembro de 2015, permite que os médicos decidam se a modelo está apta. Eles levam em consideração peso, idade e tipo de corpo, além de outros indicativos médicos.

Estima-se que apenas na França, a cerca de 30 a 40 mil pessoas com anorexia, dos quais 90% são mulheres.

 

 

Além disso, a nova lei requer que imagens manipuladas digitalmente utilizadas em propagandas, as famosas imagens de Photoshop, tenham informações citando que as imagens foram manipuladas.

O descumprimento dessa medida também ocasiona multa, de $41,000 euros (cerca de 180 mil reais) ou de 30% dos custos para a criação do anúncio.

A SAÚDE VENCEU!!!

A SAÚDE VENCEU!!!

fonte: http://www.bbc.com/news/world-europe-35130792

Um beijo,

Por Vanessa Melo

 

10 comentários sobre “França Começa a Banir Modelos “Excessivamente Magras”

Compartilhe nos contando sua opinião/experiência sobre esse assunto... :-) :-*

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s